Explicação Ampla das Cinco Influências Atmosféricas

Os cinco sabores entram nos órgãos da seguinte maneira: o sabor ácido entra no fígado, o sabor acre entra nos pulmões, o sabor amargo entra no coração, o sabor salgado entra nos rins e o sabor doce entra no baço. Isto explica onde entram os cinco sabores.

As doenças provocadas pelas cinco influências atmosféricas são as seguintes: o coração causa arrotos, os pulmões causam tosse, o fígado causa bater de dentes, o baço causa dificuldades em engolir, os rins causam deficiências que por sua vez provocam espirros e corrimento pelo nariz e o estômago causa vapores e, quando estes são obstinados, causam arrotos e vômitos que, por sua vez, causam temores. Os intestinos inferiores e o intestino delgado causam derrames nos espaços de combustão, fazendo com que transbordem em baixo e provocando água no sistema. Quando a bexiga não funciona eficientemente, causa retenção de urina; quando funciona sem comedimento, viagra sans ordonnance causa urinar copioso. A vesícula biliar causa ataques de cólera.Isto explica as cinco doenças.

Os cinco espíritos são equivalentes às cinco essências. Quando estão unidos, fazem com que emane alegria do coração, piedade dos pulmões, mágoa do fígado, ansiedade do baço e temores dos rins. Isto explica a unidade das cinco essências espirituais. Quando as essências se esgotam, os espíritos devem unir-se.

Os cinco males que podem atacar as vísceras são: o calor, que prejudica o coração; o frio, que prejudica os pulmões; os ventos, que prejudicam o fígado; a umidade, que prejudica o baço, e a secura excessiva, que prejudica os rins. Isto explica os cinco males.

As transformações das secreções fluidas afetam as cinco vísceras do modo seguinte: em relação ao coração, as secreções transformam-se em transpiração; em relação aos pulmões, a secreções transforma-se em muco; em relação ao fígado, as secreções transformam-se em lágrimas; em relação ao baço, as secreções transformam-se em saliva, e em relação aos rins as secreções transformam-se em cuspe. Isto explica as cinco secreções fluidas.

A respeito dos cinco sabores há as seguintes cautelas e proibições: o sabor acre penetra no trato respiratório: quando há uma doença no trato respiratório não se deve abusar de alimentos acres; o sabor salgado penetra no sangue: quando há uma doença no sangue não se deve abusar dos alimentos salgados; o sabor amargo penetra nos ossos: quando há uma doença nos ossos não se deve abusar da comida amarga. Isto explica as cinco cautelas e proibições do que não se deve comer em excesso.

As cinco doenças são originadas do seguinte modo: algumas doenças do elemento do Yin tem origem nos ossos; algumas doenças do elemento do Yang tem origem no sangue; algumas doenças do elemento do Yin tem origem na carne; algumas doenças do elemento do Yang tem origem no Verão, e algumas doenças do elemento do Yin tem origem no Inverno. Isto explica a origem das cinco doenças.

As cinco emanações prejudiciais geram as seguintes perturbações: quando os oito males residem dentro dos elementos do Yang do homem, o resultado é violência; quando os oito males residem dentro dos elementos do Yin do homem, o resultado é dormência. Quando os males atacam o Yang, causam insanidade; quando atacam o Yin, causam perda da fala. Quando os elementos do Yang penetram nos do Yin, o resultado é paz e ordem, mas quando os elementos do Yin invadem os do Yang, o resultado é uma explosão de cólera e raiva. Isto explica as cinco perturbações.

Os cinco males que podem ser apercebidos são: a percepção na Primavera do pulso correspondente ao Outono; a percepção no Verão do pulso correspondente ao Inverno; a percepção no período das noites do Verão Tardio do pulso correspondente à Primavera; a percepção no Outono do pulso correspondente o Verão, e a percepção no Inverno do pulso correspondente ao Verão Tardio. Tudo isso significa que o Yin – o princípio feminino das trevas – penetra no Yang – o princípio masculino da luz e da vida; consequentemente, a tendência da doença é para o agravamento e não para a cura. Isto explica os cinco males perceptíveis. Está demonstrado que conduzem todos à morte e não podem ser curados.

As cinco vísceras ocultam e armazenam o seguinte: o coração armazena e abriga o espírito divino; os pulmões abrigam os espíritos animais; o fígado abriga a alma e as faculdades espirituais; o baço abriga ideias e opiniões, e os rins abrigam força de vontade e ambição. Isto explica o que é armazenado e abrigado nas cinco vísceras.

As cinco vísceras são reguladas do seguinte modo: o coração regula o pulso; os pulmões regulam a pele; o fígado regula os músculos e os tendões, o baço regula a carne, e os rins regulam os ossos. Isto explica as cinco regulações.

Os cinco esforços prejudiciais ao corpo são: o uso prolongado dos olhos prejudica o sangue; estar deitado e descansar durante muito tempo prejudica o trato respiratório; estar sentado durante muito tempo prejudica a carne; estar de pé durante muito tempo prejudica os ossos, e caminhar durante muito tempo prejudica os músculos. Isto explica os cinco esforços prejudiciais ao corpo.

Os cinco pulsos que devem aparecer corretamente do seguinte modo: o pulso do fígado deve soar como as cordas de um instrumento musical; o pulso do coração deve soar como as pancadas de um martelo (contínuas); o pulso do baço deve ser intermitente e irregular; o pulso dos pulmões deve ser macio como cabelo e penas; o pulso dos rins deve soar como uma pedra. Isto explica os pulsos das cinco vísceras.

Pin It on Pinterest

Share This